sexta-feira, maio 20, 2011

Jogos Indie no Nordic Game Awards 2011


O número de eventos e festivais dedicados aos jogos indie não tem parado de aumentar, no passado contávamos quase apenas com o Independent Game Festival, que tem sido organizado como parte integrante da GDC. Por outro lado a Spike TV que organiza os Spike VGA inclui agora uma secção dedicada aos jogos Indie. No campo dos Mobile, temos desde 2004 os IMGA. Na arena do flash, vai na terceira edição o Flash Game Summit organizado pela MochiMedia.


Ora como não podia deixar de ser isto tinha de ter reflexos sobre a indústria global dos jogos. Não só impactos económicos mas também na importância dos eventos. Assim apesar de ter surgido em 2005 o IndieCade assumiu no ano passado uma enorme importância na indústria dos videojogos. É que este ao contrário do IGF não é apenas um evento paralelo a um evento de grandes produções, mas é antes um evento internacional inteiramente e apenas dedicado aos jogos indie.


Deste modo e tendo em conta a enorme importância do Norte europeu neste mercado concreto do Indie, é natural que um evento como o Nordic Game apareça este ano com resultados claramente pro-indie. No seu 5º ano, decorrida a cerimónia em Malmo, Suécia agora em Maio, e que contou com mais de 1000 participantes, as 5 categorias foram todas arrebatadas por jogos indie, aqui ficam:

Nordic Indie Sensation Award


Vikings on Trampolines, D-Pad Studios, Noruega


Best Nordic Handheld Game


Danish Axe in Face, Blue Carrot Design, Dinamarca


Best Nordic Children’s Game


Ilomilo, Southend, Suécia


Best Artistic Achievement


Minecraft, Mojang, Suécia


Best Nordic Game


Limbo, Playdead, Dinamarca

Limbo, um jogo indie, arrecada assim o prémio principal numa categoria em que estava também em competição direta blockbusters como Alan Wake da Remedy e Battlefield: Bad Company 2 da EA-DICE.
Enviar um comentário