segunda-feira, fevereiro 06, 2012

Prémio Zon 2011, ano da Animação

A cerimónia deste ano do Prémio Zon 2011 decorreu no estonteante auditório da Fundação Champalimaud, com uma sala praticamente lotada, com a presença de ministros e comunicação social, o tamanho do prémio em atribuição a isso obrigava. A Zon disponibilizou entretanto um pequeno vídeo desse momento.

Entrega Prémio Zon 2011 no Auditório da Fundação Champalimaud

Se o ano passado tinha sido o da consagração dos videojogos, este ano foi o da consagração da categoria de Animação Digital. Lançada pela primeira vez no Prémio do ano anterior, acabou este ano por arrebatar o Grande Prémio Zon. Aliás o grande prémio, por se tratar de um objecto cinematográfico, veio de certo modo compensar algum desaire criativo surgido na categoria das curtas-metragens, que não teve este ano qualquer premiado.

Grande Prémio Zon 2011 - Ginjas (2011)

Ginjas (2011) de Humberto Santana e Zepe


Na categoria de Animação Digital os premiados foram,

1º Lugar - Ginjas de Humberto Santana (Animanostra) e Zepe

2º Lugar - Depressure de David Mourato

3º Lugar - As Extraordinárias aventuras de Dog Mendonça e Pizza Boy II - Trailer de João Alves

Menção Honrosa - O Cágado de Luis da Matta Almeida

Menção Honrosa - Independência de Espírito de Nuno Beato

Na categoria de Aplicações e Conteúdos Multimédia, o primeiro lugar foi para uma equipa da Universidade do Porto coordenada por Carlos Guedes que nos apresentou um excelente trabalho na área da arte generativa musical. Este ano houve ainda assim espaço para duas menções honrosas na área dos videojogos, StringZ e DTeam.

1º Lugar - GimmeDaBlues de Carlos Guedes et al.

2º Lugar Ex-aequo - Smart Companion de Paula Silva

2º Lugar Ex-aequo - iFlexi.mobi de Edgar Rosa

Menção Honrosa - StringZ de João Lopes

Menção Honrosa - DTEAM de Paulo Gomes
Enviar um comentário