segunda-feira, setembro 24, 2012

memórias perdidas

Curta inspiradora sobre as memórias digitais, sobre as transformações na sociedade que todo este poder de registo externo tem vindo a operar, e ao mesmo tempo sobre toda a sua efemeridade e desconexão da realidade humana. Lost Memories (2012) é um filme de Francois Ferracci que tem trabalhado como director de arte e de VFX.


Um casal que tira fotografias num lugar turístico, e que em vez de aproveitar o momento, se perde no meio do processo de registo desse momento. O contraste entre o digital e o analógico tão bem explorado por via do casal que eleva a discussão para o patamar daquilo que faz de nós seres humanos. São as experiências que criam a nossa identidade, e não os registos dessas experiências. Este é um vídeo que vem totalmente de encontro a um texto que escrevi para a Eurogamer sobre a Posse e a Experiência.


De tudo, a única coisa que realmente importa são as relações humanas e não os espólios exibicionistas e narcisistas. O momento em que a Polaroid regista aquela imagem esclarece tudo isso, não queremos ser apenas uma imagem, continuamos a ser feitos de emoções e momentos.



Fica aqui o link para o breakdown dos VFX.
Enviar um comentário