quarta-feira, fevereiro 16, 2011

SPENT: Social-Serious-Game

Aqui está um dos primeiros Social-Serious-Games, SPENT, criado pela McKinney e o Urban Ministries of Durham da Carolina do Norte, EUA e lançado no passado dia 8 de Fevereiro. Um jogo que nos leva a entrar na pele de alguém que tem de viver com o dinheiro contado e tem de fazer face às adversidades do constante Gasto que a sociedade urbana e moderna nos requisita.
A mensagem, é verdade é um jogo com uma mensagem fortíssima, para quem ainda acha que os jogos não podem contar histórias ou não podem ser um media ou arte. A mensagem é tão importante que podemos ter um vídeo (ver abaixo) a falar durante 3 minutos apenas sobre essa mensagem sem sequer entrar nos detalhes do gameplay. E basicamente o que nos é dito é que qualquer um de nós pode num momento da nossa vida passar por uma situação destas e que é necessário perceber a dimensão do problema e perceber que a partilha é a única alternativa.

Como Serious faz uso de um assunto real e sério, fazendo uso de dados estatísticos concretos que nos são apresentados. Mais do que isso coloca-nos face a situações potencialmente reais e pede-nos que ajamos em função das consequências que isso teria na realidade. Por outro lado a característica Social advém da ligação ao Facebook que é utilizada de forma muito inteligente, não servindo de mera propaganda da aplicação. O social aparece através da sugestão escolhas que passam por ter de recorrer aos amigos, à comunidade, para fazer face aos problemas. Aqui e porque num ambiente simulado, podemos apenas fazer uso da rede, mas ligação ao Facebook revela-se interessantíssima porque contribui com uma carga de realismo tremenda para o que está em questão na escolha, no processo de decisão. Somos verdadeiramente confrontados com a hipótese de nos dirigirmos a um "amigo" e pedir-lhe ajuda. Diria que sendo um jogo bastante simples e vivendo de um formato quase exclusivamente Quizz consegue ser brilhante no modo como integra todas as valências tecnológicas e de storytelling.

Enviar um comentário