sábado, outubro 08, 2011

Expressão em pequenos jogos

Imagem panorâmica por Pedro Branco

Ontem fiz uma palestra sobre Expression and Narrative in Minigames na conferência" Microstories and other Microforms. A conferência faz parte de um projeto da FCT que estuda a cultura dos microcontos. Nesta palestra fiz questão de apresentar vários jogos que fazem da sua mensagem o mote principal, deixando o gameplay a servir apenas de forma. Desta análise resulta que existe um potencial riquissimo por explorar no mundo do design de interacção, no campo das temáticas e mensagens presentes nos videojogos.


Immortall, (2011), de Evan Miller


Coma (2010) de Thomas Brush

Videojogos como Immortal (2011) ou Coma (2010) são verdadeiros objectos de inspiração artística para quem trabalha neste meio, seja na cena indie ou mesmo na indústria. Vale a pena ver a pequena entrevista com Thomas Brush e perceber o que move estes criadores. Nos meus slides deixo mais pistas, exemplos, mas levanto apenas a ponta do véu, sigam os links e principalmente joguem e sintam.



Enviar um comentário