terça-feira, abril 27, 2010

Memórias via Facebook

Na final da semana passada reencontrei um grande amigo de infância no Facebook com quem não falava há sensivelmente 24 anos. Quando penso na quantidade de anos que se passaram até me arrepio. Mas isto é o Facebook, o seu poder para ligar as pessoas e colocá-las a interagir. Não tenho qualquer problema em afirmar que o Facebook é uma espécie de tábua de salvação para o espírito comunitário que se afundou nos últimos anos nas comunidades ocidentais. Não temos tempo para nada, nem para ninguém, mas parece que o Facebook e outras ferramentas que tais sempre vão poder dar uma ajuda.

Mas não verdade não foi para falar do Facebook que abri este texto, mas antes para falar de um dos assuntos que emergiu da nossa conversa, os jogos, os "jogos de máquinas", ou seja Arcade. Foi interessante o meu querido amigo lembrar-se que sempre que tínhamos tempos sem aulas, ou a hora de almoço no Ciclo Preparatório (5º e 6º anos), corríamos para um dos cafés centrais da vila e passava-mos o tempo a jogar nas máquinas. Quando ele me disse isto, não consegui lembrar-me dos jogos desses tempos. Então com alguma explicação da parte dele, com o Google, e depois de ver os screenshots percebi que era nem mais nem menos o grande Kung Fu Master (1984) e ainda o Space Invaders. O Space Invaders já não era novidade já o tinha jogado nos tempos da primária num outro cafézinho, aliás falei aqui dele.

As imagens do jogo e o som reactivaram de imediato lembranças perdidas dentro da minha cabeça. Impressiona o facto de podermos esquecer por completo algo, e ao mesmo tempo reviver tudo num ápice.

Aqui fica um vídeo do gameplay para recordarem, e se quiserem matar saudades podem jogar uma versão Flash (isto se não estiverem a ver isto num iPad).
Enviar um comentário