segunda-feira, julho 30, 2012

aceitar ser-se mãe

Falling Moon (2011) trabalha um tema complexo no formato de curta de animação de forma muito talentosa. A curta foi criada por Wei-Xiu Wang como projecto de fim de curso no Departamento de Multimedia e Animação da Universidade Nacional das Artes de Taiwan.


A partir da possibilidade de uma mãe abandonar o filho recém-nascido Fallin Moon desenvolve todo um discurso poético em volta do poder da Lua e dos efeitos da depressão pós-parto. O tratamento é feito sob uma base onírica, para a qual contribui toda a estética seguida, desde a tonalidade dos ambientes, à música, e principalmente à fluidez discursiva da composição visual, assim como a qualidade da animação dos personagens.


O filme apresenta pequenos problemas que poderiam ainda ser corrigidos, mas é um filme de fim de curso e nesse sentido apresenta já uma enorme maturidade. Um filme que muito provavelmente será dedicado a todas as jovens mães.

Enviar um comentário